O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

NUTRACÊUTICOS

Sua Pesquisa

Nossos Serviços

Tradutor
 

 

Brotos e Grãos Germinados

No mundo inteiro, a alimentação viva vem sendo resgatada e servindo como eficaz ferramenta para recuperação e promoção da saúde. No passado, o alimento não cozido era o principal nas comunidades cristãs-essênias e muitos outros povos o utilizaram.

Hoje é possível desenvolvermos em casa essa cultura que em pouco tempo mostrará seus resultados positivos principalmente na vida de nossos filhos. A produção caseira de brotos e grãos germinados, pelo fornecimento ostensivo de energia vital e grande quantidade de nutrientes essenciais, é tão importante para famílias e comunidades como tomar água, dormir e respirar. Comecemos, entretanto, distinguindo didaticamente a diferença entre brotos e grãos germinados:

O Preparo Caseiro do Broto

Para a produção é necessária uma pequena estrutura composta de peneira côncava, bacia média, caixas plásticas quadradas medindo, no máximo, 5cm.de altura, aspersor para água e terra preta orgânica.
 
Para iniciarmos o preparo caseiro de brotos ou grãos germinados, as sementes devem ficar de molho durante 24 horas. Costumamos deixá-las na pia da cozinha, dentro da bacia, cobertas com um pano limpo para evitar eventual invasão de insetos. Após esse período, você deve lavar as sementes utilizando a peneira que deve ser côncava semelhante a uma concha. Então, é só continuar lavando (irrigando sua micro horta!) diariamente sem necessidade de tirar os grãos da peneira, não esquecendo de utilizar um pano escuro para evitar insetos e imitar o escurinho da terra.
 
Entre quatro e sete dias a maioria das sementes germina e sua plantação caseira chega ao período de colheita. Veja as vantagens dessa técnica:

Técnica Caseira para Grãos Germinados (do Dr. Soleil)

  1. Colocamos de uma a três colheres de sopa de grãos num vidro e cobrimos com água limpa.
  2. Deixamos de molho por uma noite (8 horas).
  3. Cobrimos o vidro com um pedaço de filó e prendemos com um elástico. Despejamos a água e enxaguamos bem sob a torneira.
  4. Colocamos o vidro inclinado num escorredor num lugar sombreado e fresco
  5. Enxagüamos pela manhã e à noite. Nos dias quentes é preciso lavar mais vezes
Os grãos iniciam sua germinação em períodos variáveis. Em geral estão com a sua potência máxima logo que sinalizam o processo do nascimento, quando ficam prontos para serem consumidos.

Sugestões de Sementes

Uma boa sugestão é usar grãos orgânicos - comece com o grão de trigo. Você pode usar todas as sementes comestíveis, tanto pelo homem como pelos pássaros: girassol, painço, niger, colza, aveia, trigo, linhaça, arroz, soja, centeio, gergelim, grão de bico, amendoim, lentilha, nozes, castanha do Pará, amêndoas, ervilha, feno-grego, etc. Os pássaros são animais muito sensíveis aos agrotóxicos e, portanto, os grãos utilizados em sua alimentação são de primeira qualidade.

Outros Brotos e Grãos Germinados

Além dos brotos e grãos germinados que acabamos de explicar, é possível produzirmos muitos outros dentro da mesma lógica. Apenas os produzidos a partir de feijões, principalmente do feijão preto, sugerimos que você consuma apenas no início da germinação. A experiência nos demonstrou que eles não são interessantes para consumo em folhas por conterem toxinas. O grão geminado de feijão também serve para enriquecimento de sopas e outros pratos. É possível produzir brotos em casa e germinar uma grande quantidade de grãos como por exemplo os de feijões, feijão azuki, lentilha, ervilha, alfafa, trevo e rabanete.
 
Fontes:
"Você sabe se alimentar?" - Dr. Soleil, Ed. Paulus;
Organização Paraíso dos Pândavas
 


Leia também no Jornal Florais: