O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

FLORAIS DE SAINT GERMAIN


Sua Pesquisa

Nossos Serviços

Tradutor

Florais de Saint Germain

Nova Era - Era da Liberdade, da Luz, da Iluminação e da Revelação.
 

www.fsg.com.br
 
Vivemos a aurora de um novo tempo em que surgem mais e mais novas formas de cura da alma e, conseqüentemente, do corpo físico. Diria melhor: um tempo de novos métodos expansores de consciência que estão em concordância com a necessidade do aprimoramento harmônico e evolutivo de nossa humanidade, para torná-la mais saudável, feliz, fraterna e espiritual. O que apresento no trabalho que venho desenvolvendo junto à sintonização das flores é a revelação da ciência dos Raios Divinos. Esta nova ciência surge com a descoberta da atuação dos Raios nas essências florais extraídas de certas flores divinamente energizadas. Muitos usuários que foram agraciados pelos dons integradores e harmonizadores das essências florais me revelaram sentir como que tocados por um milagre em contato com suas sutis energias.

E afirmo que foram tocados, sim, pelo milagre do amoroso trabalho dirigido pelos Seres de Luz, a Grande Fraternidade Branca, que, unidos ao Propósito Divino Maior, executam este grandioso trabalho junto às flores. No Plano Etérico, através do Quarto Raio Branco, os Devas, juntamente com seus auxiliares - os Elementais das flores, as Fadas e os Elfos - criam o Modelo Perfeito das plantas e de suas flores que, pela atração magnética através das belas formas, cores e perfumes, estabelecem as condições ideais de ancoramento das energias contidas nos Raios Divinos.

Energias-bênçãos e energias-graças que, por meio das essências florais, têm o poder de expandir nossa consciência, nos curar e nos alinhar ao nosso Eu Superior, transformando-nos em seres humanos mais sábios, conscientes, saudáveis e felizes.

Neide Margonari


O Chamado Espiritual de Neide Margonari

Temos de ter em mente que tudo o que nos acontece, por mais maravilhoso ou trágico que seja, são experiências necessárias para serem vividas, fazem parte da tecitura evolutiva de nossa consciência junto à grande rede cósmica universal. Há vidas e vidas. A nossa alma humana, formada pelos quatro corpos inferiores (físico, etérico, mental e emocional), vem se direcionando ao propósito da meta a ser atingida por nossa Alma Divina (Eu Superior), através do desenvolvimento e da maestria de nossos dons latentes que, no final deste ciclo evolutivo, se incorporarão junto ao trabalho UNO, o Plano Divino Maior do Universo.
Nesta vida atual percebo estar vivendo um momento de síntese de todo um processo de aprendizado, experenciado ao longo de incontáveis vidas. Vidas estas acessadas neste tempo pela necessidade de assimilação e compreensão de certos aspectos prisioneiros, tensos, doloridos e conflitivos da
personalidade, aspectos imersos no inconsciente que, a posteriori, quando foram assimilados pela consciência, permitiram dar continuidade ao meu desenvolvimento espiritual e ao desenvolvimento dos dons latentes de minha Alma.

Em 1990, durante o meu chamado espiritual, muitas dessas vidas passadas foram acessadas através do uso de medicamentos homeopáticos e pelo uso das essências florais. Nesta época pude revivenciar tanto experiências deleitantes quanto experiências trágicas. Através da Homeopatia foi acessada uma destas vidas (futuro) em uma esfera mais evoluída (Ronda)*, na qual me redescubro trabalhando junto às flores como sintonizadora e também como manipuladora de essências florais em um laboratório onde, com ênfase, me encontro diante de um grande tubo de ensaio, com o nome da essência floral Clematis. Fui muito além nas regressões de minhas vidas passadas, cheguei ao ponto de minha origem cósmica, o Fogo, estado de puro êxtase.

Através deste auto-conhecimento, percebo ter atingido o ponto em que Cristo pregou, conhece a ti mesmo, e no ponto em que Dr. Bach pregou, para curar-te a ti mesmo. A síntese alcançada pela visão do todo - vidas passadas e origem cósmica -, forneceu-me o entendimento de que minha alma vem sendo guiada, modelada, forjada e aprimorada em vários mundos, dos mais sutis ao atual mais denso. Nesta esfera mais densa, a Terra, percebi estar vivendo sempre na ânsia de me libertar dos conflitos criados pela ilusão da materialidade e de suas conseqüentes armadilhas. Na década de 80, minha atuação na área de Artes Plásticas, com linguagem de teor metafísico nos desenhos, nos óleos sobre tela e nas esculturas, através de mergulhos para dentro de mim mesma, busquei o cerne de minha essência, quando consegui acessar imagens, tesouros preciosos adquiridos e cultivados há vidas e vidas em mundos muito além deste nosso.

A partir de meu chamado espiritual, em 1990, estas imagens-informações, tesouros revelados, me permitiram continuar novamente a evoluir em consciência neste plano físico.

No atual ciclo evolutivo, as minhas muitas vivências-experiências formam e completam esta etapa de minha vida pelo surgimento da compreensão e da necessidade de remoção dos obstáculos-sofrimentos que me impediam acessar a Luz. Hoje, em minha jornada espiritual, sinto-me cada vez mais e mais guiada e protegida pelo meu Eu Interno, que pacientemente me reconduziu às flores e à união com meu grupo externo de trabalho junto à humanidade, aos curadores (terapeutas, médicos terapeutas, psicólogos terapeutas e curadores espontâneos) e com meu grupo interno, os Seres Divinos ligados à Grande Fraternidade Branca.

As energias dos Raios contidas nas essências florais fortaleceram e continuam a fortalecer a ligação com meu Eu interno, forneceram-me a compreensão de todo este processo de aprendizado-vivências. Energias Divinas que me resgataram e me reconduziram novamente em direção à Luz, através da fé, da determinação, da certeza da existência do Amor Maior, do amparo, da proteção, do fortalecimento, do conforto, da sinalização do correto caminho a seguir, da verdade, dos ensinamentos, do discernimento, da transformação, da transmutação e da sutilização. Um profundo e minucioso trabalho de revisão e de compreensão dos aspectos submersos no inconsciente, pendentes em minha personalidade, que novamente estão sendo amorosamente integrados ao serviço que executo junto às flores e às essências florais, vivenciando e aprimorando meu dom latente de sintonizadora de flores com entusiasmo, alegria e amor, realizando o pleno propósito de minha Alma Divina, que é o de servir a humanidade. O caminho de todos os Filhos da Luz Divina, o caminho do sacrifício, isto é do Sacro-Ofício.

 
Leia também no Jornal Florais: